03 Jul. 2020, 14h28

Transformação digital baliza o novo normal pós-pandemia

Iniciativa da Aliança pela Inovação em Goiás reúne empresários, startups e hubs de inovação para discutir soluções para desafios do setor produtivo

Com objetivo de promover a ponte entre startups, hubs de inovação e empresas, a Aliança pela Inovação em Goiás realizou quarta-feira (1º/07) o webinar O Novo Normal: Como Fazer Transformação Digital na Minha Empresa. O encontro virtual foi acompanhado por cerca de 70 empresários e representantes de instituições que desenvolvem inovação e soluções tecnológicas no Estado.

"A tecnologia tem um papel fundamental durante a pandemia e na retomada dos negócios. Iniciar esse processo já não é mais opcional. O propósito da Aliança é justamente coordenar ações conjuntas para potencializar o desenvolvimento do ecossistema goiano de inovação e empreendedorismo", afirmou Marco César Chaul, vice-presidente da Aliança pela Inovação e presidente do Sindinformática, na abertura do webinar.

Organizador do evento, o Conselho Temático de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (CDTI) da Fieg mediou o debate, por meio da participação da assessora executiva Alessadra Brito. O vice-presidente do colegiado, Marcos Alberto Campos, também participou, apresentando o trabalho realizado pela Gyntec em Goiânia, hub pioneiro no Estado no fomento ao empreendedorismo digital.

A programação incluiu palestra do coordenador do curso de bacharelado em Inteligência Artificial da Universidade Federal de Goiás (UFG), Anderson da Silva Soares. Em sua fala, o professor abordou aspectos da inovação corporativa por meio da inteligência artificial e startups.

Segundo o pesquisador, atualmente temos uma disponibilidade de dados como nunca houve na história da humanidade. "Sofremos uma transformação digital goela abaixo", disse ao comentar os avanços em machine learning e deep learning na última década. "Estamos em uma janela de oportunidade tecnológica, quando o jogo recomeça independente do setor que estamos inseridos."

De acordo com o pesquisador, os avanços impactam em diversos setores da economia, desde o desenvolvimento de veículos autônomos a assistentes pessoais, sendo possível atacar diferentes problemas para o desenvolvimento de soluções disruptivas. "São marcos muito expressivos que nos dão essas oportunidades de pensar em produtos", avaliou Soares.

Durante o webinar, seis hubs de inovação e sete startups com sede em Goiás apresentaram seus serviços. Os representantes destacaram a estrutura para fomento ao empreendedorismo inovador e os produtos desenvolvidos com foco em soluções para a área empresarial, sobretudo em gestão.

SAIBA MAIS

HUBS DE INOVAÇÃO

Campo Lab Faeg
Promove a integração entre o produtor rural e as agritechs, startups focadas no agronegócio.

CEIA - Centro de Excelência em Inteligência Artificial da UFG
Promove a competitividade corporativa, por meio de soluções tecnológicas baseadas em Inteligência Artificial.

HUB Cerrado 
Espaço de coworking com foco em grandes, pequenas e médias empresas.

Hub Conexa
Promove soluções para o agronegócio.

Gyntec 
Promove empreededorismo inovador e soluções em parceria com aceleradoras de startups.

Inova Centro UEG
Integra, desenvolve e consolida o ecossistema de empreendedorismo e inovação.

STARTUPS

Assinei
Plataforma de assinatura eletrônica e gerenciamento de contratos.

BuzzLead 
Ferramenta de geração de leads.

EasyCrédito 
Buscador de empréstimo pessoal, consignado e cartão de crédito.

Insichen 
Plataforma para planejamento de fármacos e avaliação de segurança de medicamentos e cosméticos.

Nectar
Plataforma CRM para relacionamento com os clientes.

Polichat 
Plataforma que simplifica atendimento no seu WhatsApp, Facebook e chat para Site.

Sollaren 
Tecnologia que reduz o consumo de energia dos sistemas de refrigeração e aumenta a sua eficiência.

Escreva um comentário: