22 Apr. 2021, 11h00

Sandro Mabel recebe primeira dose de vacina e volta defender compra por empresas

Defensor insistente da aquisição, pela iniciativa privada, de vacinas contra a Covid-19, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, recebeu a primeira dose do imunizante terça-feira (20/04), no posto drive-thru da área 1 da PUC Goiás, no Setor Universitário. Aos 62 anos, ele manifestou contentamento por ter chegado a vez de se vacinar e nem a espera de mais de quatro horas no local o desanimou.

Sandro Mabel voltou a bater na tecla da necessidade de se acelerar a imunização das pessoas, ampliando a disponibilização de doses para alcançar toda a população e, assim, interromper o aumento do número de casos da doença, salvar vidas e garantir a retomada das atividades econômicas.

“Se a iniciativa privada pudesse comprar a vacina, nós faríamos a fila andar! Por isso é muito importante tanto o governo estadual comprar mais doses e como os políticos flexibilizarem a lei para que o setor privado possa comprar também”, disse ele em referência à tramitação, no Senado, do projeto que visa a flexibilização da compra de vacinas contra a Covid-19 por empresas privadas, já aprovado pela Câmara dos Deputados.

“Só assim vamos poder retomar a vida, trabalhar com segurança e diminuir a quantidade de mortes no nosso Estado. Vacina Já! Vacina, Vacina, Vacina!”, repetiu.

Escreva um comentário: