29 Mar. 2021, 12h02

Sandro Mabel articula para que empresários comprem vacinas e usem todas as doses para imunizar trabalhadores

O presidente da Fieg, Sandro Mabel, conversou nesta segunda-feira (29/03), por telefone, com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, sobre o ofício entregue a ele na última terça-feira (23/03). No documento, a Fieg solicita alteração na Lei 14.125/2021, que versa sobre a aquisição e distribuição de vacinas pela iniciativa privada.

Na conversa, Sandro Mabel explicou a Pacheco que o Brasil já contratou as 560 milhões de doses de vacinas, suficientes para imunização da população vacinável. Agora, segundo o presidente da Fieg, uma lei que permita aos empresários comprar vacinas para imunizar seus colaboradores irá acelerar a imunização em massa, sem prejudicar o Plano Nacional de Imunização.

Em ação recente, Sandro Mabel entregou ao Governo de Goiás proposta de compra de vacinas à pronta entrega, provando que não faltam vacinas no mercado. “Basta procurar, como fez o nosso Centro Internacional de Negócios, o CIN/Fieg, que encontrou vacinas disponíveis em laboratório chinês”, afirmou.  

Em resposta, Rodrigo Pacheco disse que tentaria, em reunião na próxima quarta-feira (31/03) com presidente da Câmara e demais autoridades, solicitar Medida Provisória liberando a compra de vacinas pela iniciativa privada para serem aplicadas, em sua totalidade, nos colaboradores.

1 comentários

  • Geraldo Santos Rodriguespa  |  29/03/2021 13:49

    Parabéns por sua grande ideia sr. Sandro Mabel espero que todos empresários siga essa linha

Escreva um comentário: