11 Feb. 2020, 17h45

Produção industrial goiana recua em dezembro

O IBGE divulgou nesta terça-feira (11/02) dados atualizados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física. Em dezembro de 2019, a indústria recuou em 12 dos 15 locais pesquisados. Em Goiás, a queda foi de 1,5%, já eliminando os efeitos sazonais. O resultado goiano foi o segundo pior dos últimos cinco anos.

No acumulado do ano, mesmo com resultados pontuais negativos, Goiás apresentou variação positiva em sua produção industrial, com aumento de 2,9% na comparação com 2018. O incremento foi impulsionado pelo impacto positivo na produção de coque, derivados do petróleo e biocombustíveis, produtos alimentícios e veículos automotores, reboques e carrocerias.

Na avaliação da área técnica da Fieg, o crescimento no último ano pode ser visto com bons olhos, mas deve ser analisado com cautela. "A base de comparação é ruim e o cenário político para 2020 se mostra com potencial para impactar os números da produção goiana", alerta o relatório.

Clique aqui e confira a análise na íntegra.

Escreva um comentário: