07 Jan. 2022, 09h30

Palácio da Indústria ganha sapiência, mural de Wess Gama

Primeira sede da Fieg recebe obra em comemoração aos seus 70 anos

O Palácio da Indústria, primeira sede da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), acaba de receber o mural sapiência, criado pelo artista Wes Gama. Localizado na Avenida Tocantins, quase esquina com a Anhanguera, o painel foi pintado em comemoração aos 70 anos da Fieg e para marcar a revitalização que o prédio passou recentemente.

Para o presidente da Fieg, Sandro Mabel, objetivo é trazer mais colorido para o dia a dia do goianiense retratando o trabalho industrial e a saúde do trabalhador, além de mostrar as cores e a alegria que o trabalho proporciona. “Eu acredito na força do trabalho e do estudo como realizadora de sonhos”, diz.

FUTURO

Nessa obra o artista Wes Gama propõe uma reflexão sobre o futuro e sustentabilidade. Representando e homenageando um profissional com aparelhos tecnológicos e futuristas, indicando o uso de ciência, educação e inovação. Segundo Wes Gama, "esse mural é muito significativo não só para questões ambientais e tecnológicas, mas porque essa obra também é uma representação social para o futuro, pois pensar num país próspero, tecnológico e sustentável é antes de tudo estar incluso nele. “Espero que esse mural seja representativo para muitas pessoas e que possam ver nos detalhes da arte todas essas questões que são mais profundas e necessárias. ”

A OBRA

A obra, que se junta a outros painéis já pintados no centro histórico de Goiânia por Wes Gama, possui nove metros de largura por 18 de altura. Total da área: 162 metros quadrados. Foram utilizadas 150 latas de tinta spray em 34 horas de trabalho. O personagem pintado está com a face para rua, o que possibilita comunicação direta com o público que passa pelo local. A colorização foi ajustada para o efeito de sombra ao nascer do sol.

O ARTISTA

Wes Gama, tem 34 anos, é artista urbano autodidata, nascido na cidade de Uruaçu no interior do Estado de Goiás. Iniciou sua trajetória nas ruas de Goiânia em 2000 através da pichação e bombing. Ao longo dos anos, desenvolveu sua própria estética e identidade criando murais com cores saturadas, linhas marcantes, representando uma fusão entre natureza e ser humano e hoje é uma das referências nacionais em arte urbana. Suas obras são uma mistura de tecnologia e ancestralidade e fazem parte do conceito que Gama define como Caipira Futurista. Wes Gama também é destaque como ilustrador e já fez projetos para Greenpeace Brasil com a arte “Amazon Alarm” 2020, Rec Beat Festival - Recife (PE), 2020 e também criou a identidade visual do projeto Prosa Sonora e da 17º Goiânia Mostra Curtas.

Escreva um comentário: