27 Nov. 2021, 20h50

Nota de Pesar - Professor Hélio Naves

“Meninas bonitas, rapazes elegantes!”

Professor Hélio Naves, em seu famoso e simpático bordão

A Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG) manifesta profundo pesar pelo falecimento do Professor Hélio Naves, no fim da tarde deste sábado (27/11), aos 95 anos.  

Nascido em Monte Carmelo, Minas Gerais, o Professor da Indústria veio para Goiânia em 1943, quando ingressou na Escola Técnica Federal de Goiás, na qual foi aluno, diplomado nos cursos de Mecânica de Máquinas e Construção de Máquinas e Motores. Posteriormente, foi Professor concursado, aposentando-se como Diretor e atuou como Conselheiro da instituição de ensino, perfazendo 37 anos de dedicação, desempenhando um papel importante no processo educativo em todos os níveis.

Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Católica de Goiás, Hélio Naves foi representante dos professores da Escola Técnica Federal de Goiás por vários mandatos, secretário estadual de Educação de 1975 a 1977 e diretor da ETFG de 1979 a 1984.

Decano da indústria goiana e um de seus mais importantes e ilustres pioneiros, Hélio Naves era ultimamente, desde 2011, diretor do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), cargo do qual se desligou este ano, a pedido, considerando já ter dado sua contribuição, tendo sido substituído pelo vice-presidente da FIEG Flávio Rassi.

Com militância ímpar na FIEG e em suas demais instituições, ele tem um legado de contribuição à industrialização goiana e à educação por seu extenso currículo, coroado com o título de Professor Honoris da Causa da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Pioneiro do ensino profissionalizante, líder sindical, o Professor Hélio foi diretor e membro do Conselho de Representantes da FIEG, fundou e por várias vezes presidiu o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico do Estado de Goiás (Simelgo). No Sistema FIEG, também integrou por vários anos o Conselho Regional do SENAI.

Além de docente da antiga Escola Técnica Federal de Goiás, o Professor da Indústria foi diretor do extinto PPMO, Programa Intensivo de Preparação de Mão de Obra, do governo federal, implantou o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e foi seu primeiro diretor nacional.

Recentemente, recebeu homenagem da FIEG com a inscrição de seu nome na Escola SESI SENAI Jardim Colorado, em Goiânia, inaugurada em 2018.

Este ano, após deixar a Diretoria do IEL, o Professor Hélio Naves recebeu, em seu aniversário, em setembro, homenagem da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG), dentro das comemorações dos 70 anos de criação da entidade, em momento que contou com participação do presidente, Sandro Mabel, dos ex-presidentes Pedro Alves de Oliveira e Paulo Afonso Ferreira, do vice-presidente Flávio Rassi, do diretor regional do SENAI e superintendente do Sesi, Paulo Vargas, e do superintendente do IEL, Humberto Oliveira.

Consternada, a Diretoria da FIEG manifesta condolências à família e decreta luto oficial por três dias.

Sandro Mabel
Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG)

Escreva um comentário: