16 Oct. 2020, 14h57

"Ninguém faz nada sozinho. Fazer parceria é preciso!"

Samuel Almeida defende ações conjuntas com iniciativa privada para transformar áreas estratégicas de Goiânia

A Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) recebeu quinta-feira (15/10) o candidato à Prefeitura de Goiânia pelo Partido Republicano da Ordem Social (Pros), Samuel Almeida. Durante uma hora, ele falou sobre as propostas que defende para a gestão municipal em áreas estratégicas, como Educação, Saúde, Mobilidade, Emprego e Segurança Pública. O postulante ao Paço Municipal foi recebido, na Casa da Indústria, pelo vice-presidente da Fieg Flávio Rassi e logo na primeira resposta reforçou seu compromisso com a ampliação de vagas para Educação Infantil.

"Com a pandemia, a presença da mulher no mercado de trabalho é a menor desde 1990. E isso está relacionado ao déficit de 8 mil vagas nas creches. Não basta conhecer o problema. É preciso apresentar uma solução", afirmou Samuel Almeida, ao detalhar a proposta do Vale Creche, constante em seu plano de governo, com a qual promete resolver de imediato o impasse da falta de vagas e abrir oportunidades de trabalho nos bairros. Segundo o candidato, com 1% do orçamento municipal é possível zerar a demanda reprimida da Educação Infantil.

Samuel Almeida também abordou a importância da qualificação profissional, sobretudo para inserção dos jovens no mercado de trabalho. Para tanto, defendeu parcerias com o Sistema Indústria para ampliação desse trabalho. "Quando presidente da Assembleia Legislativa, a primeira parceria que procurei foi com o IEL para dar condição ao jovem de ser inserido no mercado de trabalho. Não tem como procurar emprego sem estar qualificado", observou.

Com relação ao ambiente de negócios, o candidato defendeu o fomento das vocações econômicas da capital, dando como exemplo as indústrias de confecção e moveleira. "É preciso pensar dentro de Goiânia uma indústria limpa, trazendo mais empregos para a cidade. Temos uma realidade pós-pandemia em que é fundamental gerar novos postos de trabalho. É preciso pensar nas vocações do município e Goiânia tem várias. Para isso, vamos buscar parcerias, criando algo como um Sebrae municipal para que os negócios de bairro também sejam fomentados pelo poder público", afirmou, ao defender a industrialização no município para gerar empregos.

Nesse sentido, o postulante sustentou a necessidade de avançar na desburocratização e de fomentar o empreendedorismo, por meio da desoneração tributária. "Goiânia tem perdido espaço ao longo dos anos para Aparecida de Goiânia e cidades vizinhas. Hoje, vivemos o contrário do que era antes, passamos a ser a cidade dormitório", constatou.

O candidato do Pros reforçou que sua proposta de governo parte do entendimento de que ninguém faz nada sozinho e que o poder público precisa da parceria com a iniciativa privada para trazer novas soluções aos desafios da gestão municipal. "Com a Fieg e tantas outras instituições que temos em Goiânia, vamos transformar nossa cidade na melhor do Brasil para se viver."

TRANSPORTE PÚBLICO
Para o candidato do Pros, o transporte em Goiânia não foi pensado do ponto de vista coletivo e público. "Deve ser repensado. O atual modelo não funciona. Não adianta colocar mais do mesmo naquilo que não funciona", afirmou. Samuel Almeida defendeu uma nova malha de linhas, com trajetos curtos e rápidos e a instituição de bilhete temporal, desobrigando o usuário do transporte coletivo de passar pelos terminais para a integração.

Para tanto, o postulante propôs soluções inovadoras, com participação de especialistas da área na construção de um novo projeto para o transporte público de Goiânia. "Existem financiamentos disponíveis para infraestrutura e vamos buscar esse apoio em Brasília".

SAÚDE
Samuel Almeida falou em um “choque de gestão” na saúde para resolução de 40% dos atuais problemas vividos no setor. Além disso, sustentou a adoção de novo modelo de consultas médicas, em que o profissional não é remunerado pela quantidade de atendimentos, mas a Prefeitura compra a agenda do médico para que tenha a disponibilidade total para atendimento do cidadão.

SEGURANÇA PÚBLICA
O candidato do Pros defendeu intensificar as parcerias da Guarda Municipal com a Polícia Militar para monitoramento de parques e vias públicas, além de ampliar o videomonitoramento nos bairros de Goiânia. Paralelamente, também prometeu melhorar a iluminação pública do município.

ASSISTA ÍNTEGRA DA SABATINA

Escreva um comentário: