26 Jan. 2022, 09h24

Goianésia diversifica indústria e busca parceria com Fieg

Recebidos na Casa da Indústria pelo presidente da Fieg, Sandro Mabel, prefeito de Goianésia, Leonardo Menezes, e o vice João Pedro Almeida, apontam a atração de novos investimentos, aumento da demanda por mão de obra e defendem estrutura do Sesi e Senai na cidade

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, recebeu terça-feira (25/01), na Casa da Indústria, o prefeito de Goianésia, e o vice João Pedro Almeida. No encontro, foram discutidas parcerias entre o Sistema Indústria e o município, na Região Centro Goiano, sobretudo com foco na qualificação profissional para atender à crescente demanda de mão de obra especializada, diante de nova realidade vivida pela cidade.

"A Fieg tem realizado investimentos substanciais em educação com foco na qualidade. Queremos proporcionar um salto nas indústrias instaladas em Goiás, por meio da capacitação profissional. Para isso, temos buscado entender as demandas regionais, aproximando-se das prefeituras e levantando as necessidades dos municípios", afirmou Sandro Mabel, referindo-se ao projeto Encontro Indústria e Desenvolvimento Regional, que no ano passado promoveu quatro rodadas de reuniões com prefeitos de cidades de várias regiões do Estado. O objetivo é colocar à disposição dos administradores ferramentas para modernizar a gestão e explorar oportunidades de geração de emprego e renda.

O prefeito Leonardo Menezes destacou que Goianésia vem diversificando a base industrial, atraindo novos investimentos e, com isso, aumentando a demanda por qualificação profissional. "Sentimos a necessidade de termos estrutura do Sesi e Senai similar às implantadas em Niquelândia e Barro Alto, onde as instituições mantêm unidades integradas. Com a diversificação de investimentos no município, também ampliamos nossa necessidade de qualificação, antes concentrada nas usinas de álcool", explicou.

No encontro, foram detalhadas as oportunidades de parcerias entre Sesi, Senai e prefeitura, além de possibilidades na implantação do novo ensino médio, já considerando a demanda de qualificação profissional do município, e investimentos com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb).

A reunião foi acompanhada pelo superintendente do Sesi e diretor regional do Senai, Paulo Vargas; pelo diretor de Educação e Tecnologia do Sesi e Senai, Claudemir Bonatto; pelo diretor da Unidade Integrada Sesi Senai Niquelândia, Thiago Ferri, que atende à região de Goianésia; pelo secretário municipal de Indústria e Comércio, Carlos Filho; e pelo superintendente da pasta, Guilherme Fiúza.

Escreva um comentário: