14 Dec. 2020, 17h00

Fieg promove integração com novos presidentes e apresenta portfólio de serviços do Sistema Indústria

Encontro, promovido pela Gerência Sindical da Federação das Indústrias, busca aproximar classe empresarial do Sistema S e acelerar entendimento sobre como os serviços ofertados podem beneficiar sindicatos e indústrias

Proporcionar uma imersão nas instituições que compõem o Sistema Indústria em Goiás. Com esse objetivo, a Gerência Sindical da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) promoveu evento de integração com novos presidentes dos sindicatos patronais. O encontro, realizado segunda-feira (14/12) nas instalações do edifício Pedro Alves, em Goiânia, contou com participação dos superintendentes João Carlos Gouveia (Fieg), Paulo Vargas (Sesi e Senai) e Humberto Oliveira (IEL).

Organizadora da iniciativa, a gerente sindical da Fieg, Denise Resende, abriu o evento e apresentou a estrutura organizacional do Sistema S e os eixos de atuação da federação para apoio aos sindicatos patronais. "Desde a modernização da legislação trabalhista, temos avançado muito nesse novo momento do associativismo. Mais do que nunca, a representação patronal precisa apresentar soluções e serviços relevantes ao setor produtivo, resgatando o protagonismo na luta pelos interesses coletivos. Sindicatos fortes refletem uma indústria forte e organizada", observou Denise.

No encontro de integração com os novos presidentes de sindicatos das indústrias, foi apresentado o portfólio de serviços ofertados pelo Sistema Fieg às empresas goianas, por meio das instituições Fieg, Sesi, Senai e IEL. Com soluções em gestão, treinamento e assessoramento, as instituições auxiliam as empresas goianas com educação básica e profissional, projetos de inovação, serviços de tecnologia, pesquisa, recrutamento, governança, saúde e segurança do trabalhador, dentre outras áreas.

"Nosso portfólio de serviços é muito rico. Temos soluções que promovem a competitividade das empresas, com ferramentas que trazem mais eficiência e um novo olhar sobre o processo de produção. Além disso, assessoramos as indústrias de modo prático, no dia a dia, para que estejam dentro das normas trabalhistas, garantindo também a saúde e segurança dos colaboradores", explicou Denise.

O Programa de Integração Sindical prevê ainda imersões em unidades do Sesi e Senai com o objetivo de promover a vivência da estrutura física disponibilizada para atendimento de cada segmento da indústria goiana. Paralelamente, o programa também oportuniza o amadurecimento das lideranças sindicais quanto às responsabilidades frente aos sindicatos, incentivando o planejamento de ações, com metas e entregas claras para cumprimento da missão e valores de cada entidade.

Presente no evento, o presidente eleito do Sindicato da Indústria da Construção no Estado de Goiás (Sinduscon-GO), Cezar Mortari, avaliou a integração de forma positiva, como sendo uma oportunidade para os líderes classistas se atualizarem sobre as possibilidades que o Sistema oferta para incremento das indústrias em Goiás.

“É imprescindível essa gestão compartilhada. Já conhecia muitos serviços, sobretudo pela parceria que o nosso setor possui com o Sesi e o Senai na qualificação de trabalhadores da construção civil e nas ações de saúde e segurança. Mas me surpreendi com os serviços ofertados pelo IEL, principalmente em inovação e certificações. Temos muito o que avançar na fronteira do conhecimento, com internet das coisas, realidade aumentada, plataforma BIM, questões mais ligadas à tecnologia na construção civil”, analisou Cezar Mortari.

A opinião é compartilhada pelo presidente eleito do Sindicato das Indústrias Gráficas no Estado de Goiás (Sigego), Marcos Antônio do Carmo, ao apontar a qualificação de mão de obra como demanda prioritária do setor gráfico. “Nesse aspecto, vejo grandes oportunidades de parceria com o Senai”, afirmou.

O encontro foi acompanhado ainda pelo presidente eleito do Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado de Goiás (Simplago), Luiz Nogueira; pelo coordenador técnico da Fieg, Alessander Araújo; pelos gestores técnicos do IEL Goiás Sandra Márcia, Joel Mattos, Leandra Chapadeiro, Tarciana Nascimento e Margareth Mariano; pelo Diretor de Educação e Tecnologia do Sesi e Senai, Claudemir Bonatto; e pelo gerente de SST do Sesi, Bruno Godinho.

Escreva um comentário: