27 Jul. 2022, 11h37

Fieg discute agenda da inovação em Goiás

Reunião do CDTI apresenta eventos do setor para o segundo semestre e delibera sobre revisão dos pilares da Aliança pela Inovação

O Conselho Temático de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (CDTI) da Fieg, liderado pelo empresário Heribaldo Egídio, reuniu empresários e representantes do setor para a 4ª Reunião Ordinária do colegiado. O encontro, realizado quarta-feira (27/07) em formato híbrido, com participação presencial na Casa da Indústria e transmissão on-line pelo Zoom Cloud Meetings, contou com participação do vice-presidente da Fieg André Rocha, do deputado estadual Virmondes Cruvinel e de representantes das entidades que compõem a Aliança pela Inovação em Goiás.

Na oportunidade, foi apresentada a agenda de eventos que serão promovidos pelo CDTI no segundo semestre, com destaque à Missão Empresarial Power Tech, programada para a primeira quinzena de setembro em Israel; e à Missão de Benchmarking ao Porto Digital de Recife, agendada para 19 e 20 de outubro. Outros cinco eventos compõem a programação: Summit 2022 CIO Cerrado Experience (24 e 25 de agosto); Startup Weekend Industry Goiânia (agosto); Summit 2022 - Futuro das Cidades (22 de setembro); e III Encontro do Ecossistema Goiano de Inovação e IV Mostra de Tecnologia para Negócios, ambos com realização simultânea agendada para 10 de novembro.

No âmbito das discussões do fórum Aliança pela Inovação, foi deliberada a revisão das ações prioritárias que norteiam os trabalhos desenvolvidos pelos quatro pilares do movimento (Terceiro Setor, Instituições de Ensino e Pesquisa, Empresas e Setor Público). O objetivo é buscar maior assertividade nas metas para concretização de soluções aos desafios do setor em Goiás.

A reunião do CDTI apresentou ainda balanço da missão empresarial à Feira Industrial de Hannover e também marcou a recondução do empresário Heribaldo Egídio como representante da Fieg no Conselho Temático de Política Industrial e Desenvolvimento Tecnológico (COPIN) da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

"É um desafio muito grande, que conto com apoio de todos os colegas que compõem o CDTI e a Aliança pela Inovação para representar a indústria goiana e apresentar os desafios do setor, sobretudo relacionados à inovação como ferramenta para competitividade das empresas", afirmou Heribaldo Egídio.

1 comentários

  • Pedro Luiz Alves de Castro  |  03/08/2022 15:43

    Prezado Sr. Heribaldo, sempre promovendo reuniões, seminários e encontros em prol do desenvolvimento do querido e promissor estado de Goiás e de muitos funcionários liberados pelas suas empresas para a participação em conjunto com os demais membros desses conselhos.. Um forte abraço.

Escreva um comentário: