16 Oct. 2020, 11h30

Fernando Krebs reconhece importância dos incentivos

O promotor Fernando Krebs, novo titular da 59ª Promotoria de Justiça de Goiânia – com atuação exclusiva em defesa da ordem tributária – defendeu a manutenção dos incentivos fiscais como fator de desenvolvimento socioeconômico, ao visitar quinta-feira (15/10) instalações da Caramuru Alimentos, em Itumbiara, no Sul do Estado, acompanhado do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, diretores e executivos da entidade.

“Fala-se muito dos incentivos fiscais, há quem os defenda, que mostra através de argumentos, números e fatos, os benefícios que eles trazem e por que eles são necessários, estratégicos, para o desenvolvimento e crescimento de Goiás. Nesta visita, foi apontado uma possiblidade de aumento da arrecadação do Estado, que será por nós estudada, examinada e eventualmente recomendada ao governador do Estado”, afirmou.


Diretores da Fieg com o promotoro Fernando Krebs, na Caramuru Alimentos, em Itumbiara

Krebs comentou sobre o “caos financeiro do Estado”, a falta de recursos, e a necessidade de mudar esse cenário. “O importante foi mostrar, nesta visita, os benefícios dos incentivos fiscais, que não podem simplesmente ser revogados, suspensos. Observamos como eles devem ser operados, para aumentar os empregos, a geração de renda, de trabalho e tributos.  E como os incentivos foram importantes para o município de Itumbiara ser o que ele é hoje, uma das maiores economias de nosso Estado”, ponderou.

Durante a visita à Caramuru Alimentos, principal grupo de capital brasileiro no processamento de soja, milho, girassol e canola, o presidente da Fieg, Sandro Mabel, defendeu a necessidade de um entendimento, por parte do governo de Goiás, sobre os benefícios que os incentivos fiscais geram ao Estado e à arrecadação. “Eu sou presidente de uma federação que acompanha, com pesar, a desindustrialização de nosso Estado. Nós estamos vendo as indústrias indo embora, por falta de incentivos”, disse Sandro Mabel, que revelou a intenção de levar o promotor a visitar outros segmentos industriais para mostrar como uma indústria incentivada pode melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado, bem como melhorar a arrecadação.

“Nós conhecemos o Dr. Krebs há muito tempo, nós sabemos da rigidez dele, mas ao mesmo tempo, da abertura para escutar, conhecer. Como ele está entrando nessa área (o promotor assumiu recentemente a 59ª promotoria), nós temos muito a colaborar, porque nós conhecemos todo o processo que pode aumentar a arrecadação do Estado, que é a maior preocupação que ele tem”, acrescentou Sandro Mabel.


Fotos: Alex Malheiros

O presidente da Grupo Caramuru Alimentos, Alberto Borges Souza, e sua equipe apresentaram um estudo sobre industrialização, incentivos fiscais e os reflexos no município. Para o empresário ter a oportunidade de compartilhar relatórios, dados sobre o uso dos incentivos e o como isso impacta a comunidade é dar voz ao empresariado. “Nós esperamos que o promotor Fernando Krebs possa agora, com base em todos os relatórios que lhe foi repassado, ter dados concretos para criar uma política pública consistente e que atenda o cidadão goiano”, afirmou. A visita foi acompanhada pelo vice-presidente da Fieg André Rocha, superintendente, João Carlos Gouveia, gerente sindical, Denise Resende, e coordenador técnico, Alessander Araújo.

Escreva um comentário: