14 Jan. 2022, 10h00

Covid-19: Sesi Ferreira Pacheco sedia testagem de 1.500 pessoas

Superando a meta de 1.200 testes de Covid-19, o Sesi Ferreira Pacheco sediou, na quinta-feira (13), testagem de 1.500 pessoas realizada pela Prefeitura de Goiânia. A unidade da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) recebeu a população durante todo o dia. Em média, 20% dos testes realizadas deram positivo. Os infectados foram orientados a procurarem um médico.

O objetivo da ação é promover o isolamento social daquelas pessoas que estão com a doença, mas não apresentam sintomas e, com isso, quebrar a cadeia de transmissão do novo coronavírus. Realizaram o teste, que fica pronto em até 20 minutos, pessoas acima de 12 anos de idade. A coleta do material é feita no nariz, utilizando o swab, uma espécie de haste flexível.

O presidente da Fieg, Sandro Mabel, lembra que a instituição está sempre de portas abertas para cuidar da saúde dos goianos. “Além de capitanearmos a ação da prefeitura, o Sesi e o Senai ainda oferecem testagens com valores acessíveis para os trabalhadores das indústrias e a população em geral”, ressalta.

Em Goiânia, o Sesi realiza a testagem no Palácio da Indústria, localizado entre as avenidas Tocantins e Anhanguera. Os trabalhadores da indústria pagam valores diferenciados da comunidade. Os testes custam de 45 a 160 reais. O atendimento é realizado, de segunda a sexta-feira, das 8 às 10h30 e das 13h às 15h30, mediante agendamento. Os interessados podem entrar em contato pelos telefones: (62) 3216-0400/3216-0440/3216-0411/3216-0467 e 3216-0455.

AÇÕES NA PANDEMIA

Durante a pandemia, a Fieg adotou uma série de ações contra a Covid-19, por meio do Sesi, muitas delas dentro das próprias indústrias, a exemplo de: consultoria para criação dos protocolos Covid-19; testes rápidos com aplicação e/ou sem aplicação e testes PCR. A instituição também lançou o aplicativo Sesi 4 Life, desenvolvido pela instituição para auxiliar as pessoas a praticar atividade física de maneira remota; o Sesi Facilita – iniciativa que possibilita à empresa realizar de forma virtual programas legais como PPRA e PCMSO; ginástica laboral virtual; atendimento nutricional virtual; Sipat virtual; capacitação em normas regulamentadoras por meio de ensino a distância (EaD); disponibilização de profissionais enfermeiros, técnicos em enfermagem e médicos para as empresas; teleconsulta e telemonitoramento.

Referência em vacinação, a Fieg também imunizou mais de 90 mil pessoas em 2021 contra a H1N1, evitando que os trabalhadores ficassem doentes e lotassem ainda mais as unidades de saúde, que recebiam pacientes infectados pelo coronavírus.

No ano passado, o programa de responsabilidade social da indústria goiana, comandado pela Fieg Jovem, chegou à marca de 306 toneladas de produtos entregues desde o início da pandemia da Covid-19, quando potencializou suas ações de ajuda a famílias em situação de vulnerabilidade no Estado. Ao todo, 43.875 pessoas já foram atendidas pelo programa.

Escreva um comentário: