30 Dec. 2021, 17h00

Confiança industrial fecha 2021 em alta

Ainda que com queda na comparação com o mês anterior, o Índice de Confiança do Empresário Industrial Goiano fechou o ano em alta, 59,6 pontos. De acordo com a metodologia da pesquisa, o índice varia de 0 a 100 pontos, e resultados acima de 50 indicam confiança em alta. 
O resultado de dezembro é positivo, mas deve ser visto com cautela. Na comparação com novembro, o índice recuou 2,9 pontos, e frente a dezembro do ano passado, o índice mostrou queda de 2,7 pontos. Tais resultados sinalizam que a confiança está em alta, porém com menor intensidade e menos disseminada.

Dentre os componentes do ICEI, o maior recuo veio do Indicador de Condições, que mede as condições atuais comparadas com os últimos seis meses. A queda foi de 8 pontos na comparação com novembro, fechando o ano em 50,7 pontos, bem próximo à linha que separa a melhora da piora nas condições de negócios.

Já o Indicador de Expectativas, que mede as perspectivas para os próximos seis meses, ficou praticamente estável, em 64,1 pontos, o que mostra que os empresários industriais goianos permanecem esperançosos com relação ao futuro próximo.

Nacionalmente, o ICEI avançou 0,7 pontos na passagem de novembro para dezembro, o que levou o índice para 56,7 pontos. Interrompendo uma
sequência de quedas que ocorreu entre setembro e novembro. Entretanto, frente a dezembro de 2020, o índice recuou 6,4 pontos. Pelo segundo mês consecutivo, os empresários industriais goianos se mostraram mais confiantes do que nacionalmente. 

 

 

Escreva um comentário: